Jornal Têxtil dá grande destaque ao trabalho e conquistas recentes da Trimalhas

Jornal Têxtil dá grande destaque ao trabalho e conquistas recentes da Trimalhas

A Trimalhas ganhou especial destaque na edição escrita do Jornal Têxtil de Fevereiro passado. No artigo faz-se referência aos investimentos realizados e às conquistas dos últimos tempos, que nos têm possibilitado definir outros fortes objectivos para o resto do ano.

A Trimalhas ganhou especial destaque na edição escrita do Jornal Têxtil de Fevereiro passado. No artigo faz-se referência aos investimentos realizados e às conquistas dos últimos tempos, que nos têm possibilitado definir outros fortes objectivos para o resto do ano.

Depois de distinguidos com o estatuto PME Excelência 2017, pelo Instituto de Apoio às Pequenas e Médias Empresas e à Inovação, os dois primeiros meses de 2018 foram marcantes no que toca ao tema internacionalização. Marcámos presença em quatro feiras internacionais e fechámos com chave de ouro no Première Vision Paris, eventos relevantes para a angariação de contactos e prospecção de mercados. Ao Jornal Têxtil, sublinhámos a importância da presença no salão de tecidos parisiense para atrair as atenções dos principais compradores para a colecção Primavera-Verão 2019 e para os seus respectivos temas (“Alenquer”, “Biotoque”, “Alecrim” e “Transcriar”).

Em destaque também estão as mais recentes certificações conquistadas pela Trimalhas, ambas enormes armas para a dinamização da nossa presença no mercado internacional. À Global Organic Textile Standard, uma forte aposta e compromisso da empresa, juntaram-se a Recycled Claim Standard, a Better Cotton Initiative e a Organic Content Standard.

A sustentabilidade e a preocupação com o meio ambiente já são características que nos definem. O Jornal Têxtil faz referência às adaptações que têm vindo a ser feitas, não só nas próprias colecções como também na logística da própria produção. Desde a reciclagem à poupança energética, a Trimalhas é “verde de dentro para fora”.

O foco do artigo vai para a abertura de uma filial Trimalhas em Barcelona. Sendo Espanha o principal mercado de exportação, com grandes marcas como a Zara, a Uterqüe e a Mango no topo da cadeia, fazia todo o sentido continuar a marcar pontos no país vizinho. Em Barcelona temos agora um showroom e uma equipa de colaboradores focada nesse objectivo. O mesmo objectivo que se estende até ao mercado britânico, no qual se evidencia a Next. A meta são os 40% de exportação directa da Trimalhas.

Depois de um investimento de 5 milhões de euros, um trabalho de três anos na melhoria dos equipamentos e instalações da empresa e, actualmente, com um efectivo de 75 colaboradores, está lançado o mote para conseguir, em 2018, chegar a um volume de negócios na ordem dos 15 milhões de euros. Reforçámos ainda aquela que é a nossa chave para o sucesso: o mercado exige cada vez mais e temos que estar sempre à sua altura.

Voltar
Trimalhas